terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Tu...

Tu nunca estás longe de mim
meu amor.
Mesmo naquelas horas ,da distancia.

O pensamento voa e o coração sente.
Sinto-te sempre
como naquele dia
em que te toquei pela primeira vez.

Os meus olhos brilharam
tanto como os teus
e um sorriso brotou das nossas faces.

O ardor da nossa boca açelarou
o pulsar das nossas veias
que queimavam os nossos corpos mudos...

Brisa

6 comentários:

  1. Gostei muito do teu regresso.
    E logo com este magnífico poema.
    Bom fim de semana, querida amiga. E um Feliz Natal, extensivo aos que amas.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Voltei para ver mais novidades...
    Aproveito para te deixar os meus votos de um FELIZ NATAL e de um óptimo ano de 2018.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Apaixonado e belo poema.
    Desejo-lhe um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de saúde, alegria, sonhos realizados, paz e amor.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  4. Olá Brisa, lindo o teu poema. Beijinhos com carinho

    ResponderEliminar